Arquivo da tag: camarão

Bruschetta com camarão

Bruschetta com camarão. Foto: Wellington Nemeth

 

Esta apetitosa receita de bruschetta com camarão é do chef Allan Vila Espejo, do Al Mare, de São Paulo (SP), restaurante especializado em frutos do mar. A bruschetta é sempre uma excelente alternativa pra quem recebe os amigos em casa, um tira-gosto que além de delicioso supreende os convidados pela sua beleza e riqueza na apresentação.

Mas o toque especial certamente fica por conta da harmonização dos tomates com o manjericão, erva bastante conhecida na cozinha italiana e que deve ser sempre utilizado fresco, senão perde seu sabor e aroma peculiar.

Ingredientes:
8 fatias de pão tipo italiano
2 tomates maduros
100 g de camarões pequenos
Azeite, sal e folhas de manjericão a gosto

Modo de preparo:
Tire as sementes do tomate e pique. Reserve. Cozinhe os camarões em água com uma pitada de sal. Deixe esfriar um pouco e junte com os tomates picados, o manjericão e o azeite.  Corrija o sal e reserve.  Unte levemente as fatias de pão com azeite.  Leve ao forno pré aquecido até dourar.  Retire e cubra com a mistura reservada. Finalize com folhas de manjericão sobre os camarões.

Camarão ao molho de curry

Camarão ao molho de curry. Foto: © GYRO PHOTOGRAPHY/amanaimages/Corbis

O curry é uma especiaria que tem origem indiana. Uma mistura de especiarias variadas torradas e moídas como o gengibre, pimenta dedo-de-moça, pimenta vermelha, canela em rama, cominho, pimenta-do-reino, cardamomo, cravo, erva-doce, coentro e cúrcuma, que lhe dão uma cor geralmente amarelada.

O sabor e o aroma do curry combinam com diversas preparações: carne, frango, peixes, etc. É muito comum de ser encontrado na cozinha oriental. Nesta receita, o Bem feitinho apresenta o camarão ao molho de curry.Vale a pena experimentar em casa.

Ingredientes:
300 gramas camarão grande sem casca
20 ml azeite
30 gramas manteiga
150 cebola pequena picada
40 ml conhaque
150 ml vinho branco seco
200 tomate sem semente e sem casca
3 gramas de curry em pó
130 ml creme de leite fresco
QB Sal e pimenta-do-reino

Modo de preparo:
Doure com manteiga e azeite os camarões limpos e sem casca. Tempere com sal e pimenta. Flambe com o conhaque. Retire os camarões e coloque a cebola picada para dourar.

Acrescente novamente os camarões e polvilhe o curry. Mexa bem. Despeje o vinho deixe ferver, depois acrescente o creme de leite. Retire novamente os camarões e volte o molho ao fogo para reduzir um pouco e em seguida adicione os tomates sem semente e sem casca. Deixe ferver, retire do fogo e adicione novamente os camarões. Sirva com arroz branco.

Lula recheada

Lula recheada ao molho de tomate. Foto: Foodcollection RF

Nesta receita de lula recheada com camarão, palmito e arroz as ervas aromáticas durante a preparação dão um toque especial que faz toda a diferença no sabor. A harmonização com o molho de tomate pelado fica uma delícia. Vale muito a pena experimentar!

Ingredientes:
1 kg de lula fresca
250 gramas de arroz
1/2 cebola picada
2 dentes de alho picado
125 ml de vinho branco
2 tomates sem semente e sem casca
200 gramas de palmito picado
1 colher de sopa de açafrão
50 gramas de azeitonas verdes sem caroço
200 gramas de camarão
20 ml de azeite
Salsinha, tomilho e manjericão a gosto
Água para cozinhar o arroz

Modo de preparo:
Limpe as lulas, mas permaneça inteira. Faça primeiro o recheio. Refogue a cebola, o alho, tomates e acrescente o resto dos ingredientes e o arroz cru. Cozinhe até que fique al dente. Tempere bem e reserve até esfriar. Recheie as lulas sem encher muito pois o arrroz ainda vai terminar de cozinhar e vai aumentar de tamanho.  Feche a extremidade com palito de dente.

Ingredientes do molho:
1 cebola
8 tomates sem casca
1/4 maço de manjericão
10 ml de azeite
Sal, pimenta-do-reino e salsinha a gosto

Modo de preparo do molho:
Faça um refogado com a cebola picada e os tomates no azeite. Ajuste os temperos. Acrescente as lulas recheadas no molho e deixe cozinhar por uns 5 minutos.

 

Que vengan las tapas!

As tapas conquistaram o mundo, inclusive os brasileiros, e vão além do tira-gosto

As tapas espanholas são uma espécie de tira-gosto que podem ser servidas quente ou fria. Surgiram no século passado, na Andaluzia, e evoluíram das simples fatias de pão cobertas de presunto cru para uma infinidade de aperitivos que podem ser classificados de duas formas: os montaditos (preparações servidas sobre um pedaço de pão) e os pinchos (preparações menores e servidas em palitos).

São sempre acompanhados por uma boa bebida. Por essa razão, alguns historiadores acreditam que as tapas tem origem do verbo tapar. Os espanhóis se sentavam nos bares e cobriam suas jarras de vinho com pedaços de pão para protege-las dos insetos. A partir daí, os bares passaram a servir tapas como cortesia para seus clientes e foram aperfeiçoando as variedades de receitas. Hoje as tapas conquistaram o mundo e vão além do tira-gosto. Podem até substituir as refeições.

“As croquetas, muito parecidas com o croquete de batata, também estão na lista de tapas, a diferença é que a parte interna é feita com um cremoso bechamel que derrete na boca”, explica a chef Mariane Bagodi, que ministrou um curso profissionalizante na Casa de España de Sorocaba, e revelou ao site Bem feitinho algumas receitas deliciosas.

Montaditos de jamón. Foto: Katia Mara Pagliato

Montaditos de jamón
Ingredientes:
Fatias de baguete
5 fatias de presunto cru
Azeite a gosto

Modo de preparo:
Coloque uma fatia de presunto sobre cada pedaço de pão e regue com azeite antes de servir.

 

Montaditos de camarão
Ingredientes:
Fatias de baguete
150 gramas de camarão limpo, cozido e picado
1 dente de alho

Modo de preparo:
Numa frigideira, aqueça azeite e refogue o alho. Acrescente o camarão e distribua o refogado entre 5 fatias de pão.


Montaditos de pimentão. Foto: Katia Mara Pagliato

Montaditos de pimentão
Ingredientes:
Fatias de baguete
1 pimentão verde picado
1 pimentão vermelho picado
1 dente de alho
Azeite e sal a gosto

Modo de preparo:
Toste os pimentões sobre a chama do fogão. Lave e retire a pele queimada. Corte, retire as sementes e pique em pedacinhos. Misture os pimentões ao alho e ao azeite e disponha sobre 5 fatias de pão

 

Montaditos espanhola

Ingredientes:
2 batata s/ casca e fatiada
2 ovos
1 cebola pequena

Modo de preparo:
Frite a cebola e a batata no azeite até ficarem al dente. Bata os ovos e despeje na frigideira. Tempere e deixe dourar dos dois lados. Corte em 5 pedaços e sirva sobre cada fatia.

 


A deliciosa paella marinheira

A paella é o prato mais tradicional da culinária espanhola. Foto: Vanessa Nunes

Muita gente não sabe mas a famosa paella na verdade é o nome da panela de ferro, que deve ter medidas padronizadas de acordo com o número de porções, onde se prepara esse prato espanhol e o arroz é o principal ingrediente.

A paella é oriunda da região de Albufera e é considerado o prato mais típico da Espanha. Muitas vezes a paella é preparada com mexilhões, lulas e camarões. A população do país costumava utilizar, principalmente, pato do mar, coelhos, galinhas, caracois, tomate, feijão, alcachofras, ervilhas e o único luxo era mesmo o açafrão.

Paella marinheira
Ingredientes:
600 gramas de peixe firme (namorado, badejo ou garoupa)
300 gramas camarões médios com casca
4 litros de água
100 ml de azeite
100 gramas de camarões grandes com casca (4 unidades)
150 gramas de pimentão vermelho cortado em cubos
10 gramas de alho picado
20 gramas de salsa picada
100 gramas de tomate picado
5 gramas páprica doce
200 gramas de aneis de lula
100 gramas de ervilha fresca (ou congelada)
1 envelope de açafrão
QB sal
200 gramas de aroz
200 gramas de lagostins com casca
200 gramas de mexilhões pré-cozidos (6 unidades)

Modo de preparo:
Corte o peixe em cubos. Limpe o camarão e reserve as cascas e cabeças. Numa panela aqueça a água e cozinhe as cascas e cabeças dos camarões por cerca de 30 minutos. Coe o caldo e reserve. Aqueça o azeite na paella, frite os cubos de peixe e retire. No mesmo azeite coloque os camarões grandes, frite e retire. Ainda no mesmo azeite, refogue o pimentão, o alho, a salsa, o tomate e a páprica. Adicione as rodelas de lula e refogue por 5 minutos. Junte a ervilha e o caldo reservado (cerca de 2 vezes e meia o volume de arroz) e cozinhe por 15 minutos. Acrescente o açafrão e corrija o sal. Adicione o arroz, os camarões médios descascados, os lagostins cortados ao meio longitudinalmente com a carne voltada para baixo sobre o arroz (ou sem casca, caso prefira). Deixe cozinhar até ficar levemente seco. Não mexer. Decore com os mexilhões pré-cozidos e os camarões grandes fritos.